Campanha Financeira Emergencial

O SINERJ precisa de sua ajuda! Contribua para o não fechamento do SINERJ!

Convenção Coletiva de Trabalho Refeições Coletivas 2017/2019

SINERJ conquista novo piso salarial para Refeições Coletivas no valor de R$3.064,60. Mais uma conquista para nossa categoria!

Piso Regional 2018

Conquistado o piso regional para nutricionistas no valor de R$3.044,78. Clique abaixo para visualizar a lei.

CAMPANHA PELA PERMANÊNCIA DO SINDICATO DE NUTRICIONISTAS DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO (SINERJ)

 

Prezados Nutricionistas,

Vamos direto ao ponto: com o ataque sofrido pelos trabalhadores a partir da aprovação da Contrarreforma Trabalhista do governo Temer, O SINERJ, assim como diversos outros sindicatos, teve uma brutal queda de arrecadação financeira e corre o risco de fechar as portas.

A entidade tem como atribuição institucional, entre outras coisas, firmar Piso Salarial, Piso Regional, reajustes e ganhos salariais anuais, além de vários outros Direitos sociais e econômicos firmados em Convenções Coletivas de Trabalho, frente aos sindicatos patronais. Talvez não seja de conhecimento geral a importância jurídica conferida às Convenções Coletivas com as Reformas supracitadas. Atualmente as CCTs representam para os trabalhadores a carta máxima dos direitos trabalhistas superando a CLT nos processos de trabalhistas.

Dessa maneira, a extinção de seu sindicato de categoria significa, para nós Nutricionistas, a perda de um importante instrumento de luta pelos nossos direitos salarias supracitados, resultando em ausência piso salarial, reajustes ou ganhos salariais, entre outros. O que, em todo Rio de Janeiro, seria um prejuízo econômico enorme para você e milhares de Nutricionistas e suas famílias.

Portanto, estamos lançando uma campanha de arrecadação para substituir o extinto Imposto Sindical que se referia à fração de um dia de trabalho por ano de cada Nutricionista.

Para Nutricionistas da área de refeições coletivas, está em vigência a Convenção Coletiva de Trabalho, que entre amplos Direitos Sociais e Econômicos conquistados pelo SINERJ, prevê no 43º artigo, a Contribuição Sindical a ser descontada em folha salarial.

Porém, mesmo a CCT tendo poder de Legal, sendo obrigatório seu cumprimento integralmente, diversas empresas estão subvertendo legalmente esta cláusula.

Assim convocamos as Nutricionistas para que acionem as empresas de Refeições Coletivas em que trabalham demonstrando o desejo de que esses descontos sejam efetivados em favor do SINERJ, conforme artigo 43º da respectiva CCT.

Ademais, convocamos todas as Nutricionistas, mesmo as que não são da área de refeições coletivas a contribuírem com seu Sindicato o equivalente a aproximadamente um dia de trabalho por ano, clicando aqui.

Vale ressaltar, que outras convenções coletivas da área clínica serão firmadas em breve caso o SINERJ consiga arrecadar o suficiente pra se manter operante.

Do contrário, seu Sindicato não terá mais condições econômicas de funcionamento e fechará as portas. Estamos num momento decisivo para o futuro da profissão e das nossas condições de Trabalho, principalmente salariais.

Cabe às Nutricionistas de todo o Estado decidirem se querem manter seus pisos, reajustes e ganhos salariais conquistados, ou se o perderão seus principais Direitos e sua principal ferramenta para garantirmos nossa dignidade trabalhista.

Fraternalmente

SINERJ

Contribuir via Boleto

Faça sua contribuição voluntária, por boleto bancário ou cartões de débito, através do PagSeguro:
(sugerimos o valor de R$90)

Contribuir via Cartão

Faça sua contribuição voluntária, por cartões de cŕedito através do PayPal:
(sugerimos o valor de R$90 

COMUNICADO AOS NUTRICIONISTAS DA PREFEITURA DO RIO DE JANEIRO

Aqueles(as) que desejarem descontar o imposto sindical para o SINERJ  não devem preencher o formulário entregue pela prefeitura e realizar apenas o pagamento do boleto do sindicato. Não havendo, portanto, prazo e nem a necessidade de apresentar o comprovante na unidade de trabalho ou na própria prefeitura. O pedido do boleto deve ser feito pelo email sinerj@sinerj.org.br com os seguintes dados: nome completo, CPF, endereço com CEP, telefone e email. Os emails que já foram enviados estão sendo respondidos aos poucos devido a um problema técnico com o nosso programa de cobranças. Desde já agradecemos a compreensão de todos.

Fraternalmente,
SINERJ

IMPOSTO SINDICAL 2018

Este ano o imposto sindical poderá ser pago até o dia 30 de abril de 2018. Os profissionais que forem descontados pela empresa deverão pedir reastituição e efetuar o pagamento direto para o sindicato. Os nutricionistas que desejarem o boleto da anuidade do imposto sindical deverão enviar um email para sinerj@sinerj.org.br contendo as seguintes informações:

  • Nome completo;
  • CPF;
  • Endereço com CEP;
  • Telefone;
  • Email.

Colocar no assunto do email “imposto sindical”.

Notícias do SINERJ

SINERJ Presente no apoio à Ocupação do Bandejão UERJ

No último dia 04/10/17, após visita em ocupação do bandejão da UERJ, o SINERJ se colocou à disposição para contribuir com a luta. Para tal, esta Entidade se propôs a levar ajuda técnica para a cozinha, visando a melhoria da preparação das refeições servidas no...

ler mais

Saque de FGTS Inativo

Tendo em vista a possibilidade de cancelamento ou o no-depsito, por parte das empresas, de FGTS, seguem as seguintes recomendaes sindicais:

ler mais

SINERJ em Caxias

O SINERJ esteve no município de Caxias – RJ, por duas semanas seguidas, apoiando a luta das nutricionistas do município, ombro a ombro com os Servidores Públicos de Caxias, juntos na luta pelos seus direitos. Não aceitaremos que os governantes em conluio com...

ler mais

Sobre o SINERJ

Conheça a história do sindicato e a atual diretoria

Contribuição Sindical

A contribuição sindical apartir de 01 de março deve descontada pelas empresas no valor de um dia de trabalho (1/30 avos). É importante verificarem se o valor está correto e se foi repassado para o seu sindicato de classe. Apartir de 01 de março a lei NÃO PERMITE que o profissional desconte direto para o seu sindicato, somente os patrões podem fazê-lo.

SINERJ

Convenções Coletivas

Conheça as Convenções Coletivas de Trabalho e Dissídios Coletivos para os diversos segmentos da categoria.

Fale Conosco

Dúvidas, reclamações, sugestões?

Perguntas Frequentes

Dúvidas mais frequentes da categoria sobre dissídios coletivos, convenções coletivas de trabalho, direitos da categoria de nutricionistas do Estado do Rio de Janeiro, Homologação de rescisão de contrato de trabalho, emissão de guia para pagamento de imposto sindical de empresas e pessoas físicas, e outras.

Horários de Atendimento
Horário de expediente do SINERJ:

De 2ª a 6ª feira de 10:00 a 12:00 e de 13:00 às 17:00

Horário de atendimento telefônico ao público:

De 2ª a 6ª de 10:00 a 12:00 e de 13:00 às 16:00

Horário de Homologação (necessário agendamento prévio por telefone)

2ª e 6ª feira de 14:00 às 17:00

Assessoria Jurídica e Contábil para associados do sindicato:

Mediante agendamento por telefone.

Qual é o Piso Regional da Categoria? Qual é a diferença entre Piso Regional e Convenção Coletiva?

O Piso Regional da categoria de nutricionistas do Estado do Rio de Janeiro para o ano de 2017 é de R$2.899,79 retroativo a 01/01/2017.

O Piso Regional da categoria de nutricionistas do Estado do Rio de Janeiro é definido anualmente pela Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (ALERJ) e assinado pelo governador do Estado. Sua validade é de um ano, com retroatividade ao mês de janeiro do ano de referência. O Piso Regional só tem vigência quando não há Convenção Coletiva em vigor.  A Convenção Coletiva é um instrumento de garantia dos direitos do trabalhador, conquistado através da luta contra os patrões. A Convenção Coletiva determina os direitos sociais e econômicos do trabalhador, garantindo rendimentos acima do piso regional da categoria quando nela estabelecido.

Enquanto o piso regional é votado pelo legislativo e homologado pelo poder executivo do Estado do Rio de Janeiro e atende de maneira irrestrita a todo o conjunto da categoria de nutricionistas do Estado do Rio de Janeiro, a Convenção Coletiva é definida por ramo de atuação e/ou região do nutricionista.

Nos ramos de atuação e/ou regiões em que há Convenção Coletiva de Trabalho homologada, os rendimentos nela definidos sobrepõem o Piso Regional.